Regra foi incluída em MP que abre mercado para o capital estrangeiro e precisa ser votada em plenário

Senadores e deputados aprovaram nesta quinta-feira (25) a uma regra para a retomada da franquia mínima de bagagem para voos nacionais.
O senador Roberto Rocha (PSDB-MA), relator da MP (Medida Provisória) que abre o mercado de aviação para o capital estrangeiro, incluiu a regra no seu parecer, que foi aprovado pela Comissão Mista que analisa o tema.

Agora, o texto segue para análise do plenário da Câmara dos Deputados. Depois, precisa ser votado no Senado até 22 de maio para não perder a validade. Apesar de ser incluída na MP que está em vigor, a medida da franquia de bagagem só passa a valer após a sanção presidencial.
As Cias aéreas estão autorizadas a cobrar pela bagagem despachadas desde dezembro de 2016, quando a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) editou uma resolução sobre o tema.

Desde então, os passageiros podem levar sem pagar apenas 10kg em bagagem de mão nas rotas nacionais.
Rocha estabeleceu que a franquia mínima de bagagem despachada deve ser de 23kg para as aeronaves com mais de 31 assentos.
Para os aviões menores, a franquia estabelecida no parecer é de 18kg (até 31 assentos) e de 10kg (até 20 lugares).
O argumento do senador para a retomada das franquias de bagagem é que sua dispensa não se reverteu em passagens mais baratas.

Você já tem o APP para medir sua mala, sem precisar daquelas caixas que os aeroportos estão disponibilizando, para você saber se embarcará sem pagar a mais (por exceder o tamanho estipulado na dimensão) ou se, o volume está de acordo com o permitido, para uma bagagem de mão? Nós da Leve Viagens pensando na sua maior comodidade, estaremos compartilhando o link para Baixar o Medidor Virtual de Dimensões, basta clicar aqui mesmo.

Lembramos que as dimensões e pesos são:

Envie para os amigos Whatsapp Whatsapp Facebook