Quem gosta de observar os céus tem um bom motivo para ficar acordado até tarde no próximo fim de semana. É quando ocorre a chuva dos meteoros “Geminídeos”, uma das mais intensas e coloridas do ano.

Tecnicamente a chuva de meteoros começou na última quarta-feira (4), mas seu pico ocorrerá nas madrugadas entre os dias 13 e 15, entre as 2h e 3h da manhã no horário de Brasília. Sob condições ideais estima-se que será possível ver até 150 meteoros por hora, mas infelizmente o brilho da lua cheia diminuirá a visibilidade. Na prática, os espectadores podem esperar observar até 50 meteoros por hora.

Como em toda chuva de meteoros, quanto mais afastado o espectador estiver das grandes cidades e sua poluição luminosa, mais meteoros serão visíveis. Caso isso não seja possível, um truque é ficar atrás de alguma grande construção capaz de bloquear maior parte do brilho da lua.

Os Geminídeos tem esse nome pois parecem vir da constelação de gêmeos, mas na verdade se originam de um asteróide conhecido como 3.200 Faéton, cuja órbita intersecta a de todos os planetas do sistema solar “interno”: Mercúrio, Vênus, Terra e Marte.

Os meteoros são relativamente “lentos” (têm velocidade de cerca de 35 km/s), o que facilita sua visualização. Quando queimam na atmosfera, emitem luz nas cores laranja, amarela, azul, verde ou vermelha, o que os torna especialmente belos.

Envie para os amigos Whatsapp Whatsapp Facebook