Paraíso localizado na Serra da Canastra, em Minas Gerais, Capitólio reúne aventura e paisagens lindas! Descubra o que fazer em Capitólio

Localizada entre a Serra da Canastra e o Lago de Furnas, a cidade de Capitólio possui muitos atrativos naturais. Conhecida por muitos como o “Mar de Minas”, o Lago de Furnas é o principal atrativo do município e também possui o maior número de embarcações do estado de Minas Gerais.

Quem visita a cidade certamente encontra um leque de atrações históricas e culturais para todos os gostos. As belezas da região são surpreendentes: além das cachoeiras, o destino abriga piscinas naturais, montanhas com trilhas fascinantes que podem ser exploradas por praticantes de trekking, mountain bike, cavalgadas, motociclismo e muitas outras modalidades do turismo de aventura, portanto, se você gosta de paisagens naturais surpreendentes e esporte de aventura, não deixe de conhecer Capitólio.

Lago de Furnas

O Lago de Furnas é mais conhecido como o Mar de Minas e está situado na região de Capitólio, sendo a maior extensão de água de Minas Gerais. Um dos maiores e mais limpos lagos artificiais do mundo, pode ser visitado em passeios de lanchas e escunas que acessam os imensos cânions, cachoeiras e paisagens que certamente encheram os seus olhos.

A Usina Hidrelétrica de Furnas, origem do Mar de Minas, está localizada entre as cidades de São José da Barra e S. João Batista do Glória. Essa foi a 1ª hidrelétrica de grande porte do Brasil, fundada em 1963. Hoje, o Lago de Furnas atrai primeiramente navegantes, pescadores e posteriormente visitantes de todo o mundo para a prática de esportes náuticos e turismo de aventura.

Mirante do Lago dos Canyons

Ir para Capitólio e não tirar uma foto no famoso Mirante dos Canyons é praticamente um pecado!
Pela rodovia você encontra dezenas de carros e ônibus de excursões estacionados na região trazendo pessoas para contemplar a paisagem. E o legal, é que em frente o mirante dos Canyons tem uma pequena trilha que te leva a linda Cachoeira da Diquadinha.
A trilha para chegar ao mirante é pequena e fácil, cerca de 100 metros. O visual é incrível e compensa toda a espera para tirar uma foto na pedra mais disputada do ambiente. De cima é possível se admirar pela imensidade do belo lago de Furnas e as formações rochosas.

Cascata Eco Parque

Imagine chegar em um local com belíssimas cachoeiras e piscinas naturais de águas transparentes. São diversas quedas d’água com acesso fácil para todas as idades. Piscinas naturais rasas e fundas para toda família se divertir. Tudo em meio a paredões conhecidos como cânions de quartzito de diversas cores desaguando no Lago de Furnas.
Simplesmente imperdível!

Passeio de lancha no Lago de Furnas

O passeio de lancha  no Lago de Furnas é a melhor forma para descobrir os cânions de Furnas, admirar o lago, curtir algumas cachoeiras e até tomar cerveja em um bar flutuante.

A primeira parada é na base da Cachoeira Lagoa Azul, um lugar muito bonito com águas bem cristalinas.

A segunda parada é na  Cachoeira do Canyon é umas das belezas de Capitólio, sua queda é de quase 20 metros e o local é cinematográfico, perfeito para fotos. A Cachoeira Lago Azul com suas águas cristalinas faz jus ao seu nome, conhecer esse lugar é imprescindível.

A Terceira parada  é no Vale dos Tucanos e  cascatinha lá  já dá pra ver mais um pouco dos cânions, dessa vez a lancha vai pelo meio das rochas por alguns minutos e retorna. Infelizmente o baixo volume da água da represa impede que as lanchas se aproximem, então só demos uma voltinha.
A Cascatinha é acessada a pé, nadando mesmo ou por trilha dentro do EcoParque.

A quarta parada é no Bar Flutuante, para tomar aquela cerveja ou refrigerante, acompanhados de petiscos e uma boa música assistindo o pôr do sol.

Trilha do Sol

A Trilha do Solé uma propriedade particular, com restaurante e cachoeiras.
Elas são em três: No Limite, Cachoeira do Grito e Poço Dourado. Todas são ótimas para banho e realmente muito bonitas.
Feita em meio a vegetação típica de serrado, com mirante, um cânion de tirar o fôlego, uma decida/subida,  e na última cachu você precisa atravessar um pequeno riacho e um cânion com água pela canela.
Saindo da recepção e visitando as três cachoeiras, você vai andar 4,0 km, em trilhas guiadas por placas. E ainda tem os guias para tirar suas dúvidas e oferecer ajuda, caso necessite.

 

Envie para os amigos Whatsapp Whatsapp Facebook